quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

HEIMA - A MÚSICA POR UM PAÍS.  

Publicado por Rafael Tinel, 21/11/2013.


Muito se fala na internet por esses dias, sobre a comovente história da cidade que parou e moveu todas as suas atenções, ao menino que sonhava em ser o Batman.

Existe uma banda, que é um dos sinônimos do Post Rock, mas, que é comumente relacionada ao Indie ou ao Rock Alternativo, que fez o mesmo, mas levou a música a lugares onde uma ou nenhuma pessoa morava ou a lugares onde a beleza natural, “brigava” com o som do grupo, pra ver o que era mais belo.

Sigur Rós, que nasceu e vive na Islândia, é um típico caso de um grupo que surgiu em um país pequeno e que acaba sendo sinônimo ao país, quando é referido em outras regiões do globo. Eles são o nosso Samba.

A alguns anos, após a principal turnê da banda, que durou quase 02 anos – entre 2005 e 2007, o grupo voltou a Islândia e resolveu presentear o país com uma série de shows graciosos. Foram 11 ao total, cada qual, em uma região diferente.

O Sigur Rós foi apoiado pelo Amiina, que contribuiu para os espetáculos em que o grupo preparou para os seus conterrâneos.

Cerca de 1 ano depois, eles lançaram o Documentário que conta a história da turnê, elevando a banda a um patamar artístico experimental.

O documentário está disponível na integra no Youtube:



Postar um comentário